Coração de caçador

No coração do Caçador
Há muitos anos Marcio Bamberg percorre as imensidões selvagens do Brasil capturando executivos de diversos portes e espécies. Caçador por instinto e destino, Marcio Bamberg tem emprestado faro, experiência, preparo e precisão para as mais diversas empresas, independentemente do tamanho ou atividade. Marcio Bamberg, Coração de Caçador, foi um dos pioneiros. Abriu espaço à bala. Enfrentou fogo, frio, chuva e febre. Venceu desafios pela tenacidade. Impôs o seu estilo próprio nas áreas mais perigosas do selvagem território do capitalismo brasileiro.

Caça ao Talento
Talentos verdadeiros não se deixam caçar com facilidade. As vezes, para quem não conhece os seus hábitos, parecem até em extinção. Mas isso é só para amadores, que não tem frieza inata. Na verdade os talentos são escassos, matreiros e sempre de difícil identificação. Encontrar elementos raros, criadores do diferencial entre as empresas, é o trabalho de Marcio Bamberg®. Assessorar, analisar desempenhos, auxiliar na identificação de oportunidades, acompanhar resultados, são procedimentos que fazem parte da missão que está pronto para cumprir.

Pisando onde sabe
Mimetismo e osmose. Duas capacidades que utiliza para conhecer, a fundo, todos os setores de uma organização desde um aprendiz até um diretor. Por essas e por outras está habilitado para a atividade de caçador de talentos. Uma história solidamente construída, com vários anos de experiência em gestão de negócios, bem como na análise de empresas de diversos portes, atividades e nacionalidades. E sendo um dos pioneiros nesta atividade de recrutamento, seleção e avaliação de executivos, com vários anos de experiência teve a oportunidade de caçar talentos para muitas empresas, utilizando selecionadas armas e estratégias, somadas ao instinto de caçador.

O talento na caça
Conhece a fundo os hábitos da mais diversificada fauna. Por isso identifica e qualifica, recursos a nível de Direção e Gerência, além de outros especializados para quaisquer áreas. Tudo começa no rastreamento. Só para achar as primeiras pegadas, um caçador inexperiente desperdiçaria meses de tempo e recursos. Marcio Bamberg não tem tempo nem vocação para amador. Quando sai à caça, já sabe o habitat, os hábitos e o método correto a ser aplicado na busca. Esta diferença, acontece desde o começo: a personalização para assuntos de tal transcendência, tanto em relação à empresa, quanto aos profissionais objetivados.